Publicidade

Proerd forma 24 estudantes da Escola Nucleada em Jardinópolis

07 de Outubro
Publicidade

Na noite de sexta-feira (4) foi realizada a formatura de 24 alunos do 5º ano da Escola Nucleada Municipal Castro Alves de Jardinópolis, no Auditório da Escola Fazenda Triângulo. Eles concluíram o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), numa parceria entre Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes e Secretaria de Assistência Social. As professoras destes alunos são: Edvandra Frozza, Fabiane Enderle e Ivanilde Moterle.

Conforme o soldado da PM e instrutor do Proerd, Alisson Prior, o programa busca fortalecer a parceria entre: Polícia Militar, Escola e Família. Em 20 anos de existência, são mais de 1,3 milhão de crianças atendidas, corresponde a 18% da população catarinense. “O objetivo é prevenir a criminalidade relacionada direta e indiretamente ao uso de drogas, fortalecer a autoestima das crianças e dos adolescentes a valorizarem a vida, longe das drogas e da violência”, constata.

Para a responsável pela Secretaria de Educação, Jones Balen, o Proerd deveria ser feito todos os anos pela relevância social e de conscientização ao público infantojuvenil. “Os estudantes devem levar para a vida os ensinamentos e as lições recebidas pelo Proerd”, salienta.

A aluna Maria Torres Soares Fuzinatto, 11 anos, gostou de participar do Proerd, porque aprendeu a se defender, caso alguém ofereça drogas. “O soldado Alisson ensinou como a gente deve agir diante de uma tensão, de um momento de pressão, isso tudo vai servir para a vida inteira”, afirmou.

O prefeito de Jardinópolis Dorildo Pegorini falou da participação dos pais no desenvolvimento da educação dos filhos. “A formatura dos alunos do Proerd é uma das mais importantes, pela relevância que tem o assunto”, explicou.

Pegorini argumentou de que o problema das drogas é de toda a sociedade, especialmente, da família para conscientizar os filhos, com o objetivo de mantê-los distantes dos vícios. “É importante dar um tempo para os filhos, com atenção e diálogo para transmitir os ensinamentos”, relata.

 

Publicidade
Publicidade