Publicidade

Black Friday: consumidores precisam manter atenção na hora das compras

Hoje inaugura a temporada de compras natalícias com significativas promoções em muitas lojas

29 de Novembro
Publicidade

Muito aguardada por consumidores e empresários, a Black Friday é uma oportunidade de negócios que promete bons resultados, pela tradição que já tem em descontos e preços baixos. Empolgados com a possibilidade de ampliação dos negócios, empresários das mais diversas áreas anunciam preços diferenciados tanto na sexta feira, quanto na semana e até no  mês.

É fundamental no entanto, que os envolvidos nesse contexto hajam com ética para evitar transtornos. A ilegalidade ou fraude na Black Friday podem levar os responsáveis a sofrer as penalidades revistas no Código de Defesa do Consumidor.

O Diretor do Procon de Pinhalzinho Marcos Deufel alerta para os cuidados que os consumidores devem tomar e assim aproveitar da melhor forma a oportunidade de economizar e até antecipar as compras de Natal. “O consumidor deve monitorar  a variação dos preços antes da Black Friday para pode perceber  se os descontos dias são verdadeiros. Outro fator importante é a atenção com relação ao endividamento. É necessário que haja um planejamento dos gastos, não se deixando levar pelo impulso”.

Deufel chama atenção especialmente com relação Às compras pela Internet. “É possível fazer boas compras pela Internet desde que o consumidor preste atenção na confiabilidade do site do qual está comprando, e identifique dados do fornecedor. Comprar no Cartão de crédito também é um facilitador, caso seja necessário realizar o extorno do valor.”

 A garantia  legal dos produtos é de 90 dias. “Nesse período  caso surjam vícios, falhas, ou seja diferente do produto adquirido, é possivel buscar a restituição ou troca diretamente com o vendedor. Não havendo acordo, então o consumidor pode buscar apoio e orientação junto ao Procon. Vale lembrar também que o consumidor só tem direito ao arrependimento em até sete dias, da compra que não tenha sido feita presencialmente. As compras feitas de forma presencial nos estabelecimentos comerciais locais so tem direito à troca caso haja um acordo com o lojista, não sendo obrigatória a troca ou restituição de itens que o cliente teve oportunidade de visualizar ou provar na hora da compra”.

A atenção na hora das compras e negociações com prudência certamente farão com que lojistas e consumidores movimentem a economia e usufruam com tranquilidade da Black Friday.

Publicidade
Publicidade