Publicidade

Polícia Civil indicia homem por furto de roupa íntima em Pinhalzinho

O caso foi registrado em agosto de 2019, em uma residência do Bairro Pioneiro.

17 de Janeiro
Publicidade

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Pinhalzinho, concluiu inquérito que apurou furto ocorrido na tarde do dia 11 de agosto de 2019 em uma residência no Bairro Pioneiro, em Pinhalzinho. A Polícia Civil identificou o autor como sendo um homem de 39 anos.

Na ocasião, enquanto uma família estava fora da residência, o autor do furto que mora nas redondezas, entrou no pátio da casa e subtraiu várias peças de roupas íntimas femininas que estavam no varal. Os objetos subtraídos foram encontrados na residência do autor, que não quis declarar o que o levou a furtá-los.


Além disso, conforme informações da Polícia Civil, essa não é a primeira vez que o autor faz isso. Em 2017, o mesmo homem foi capturado em flagrante pela PM quando tinha acabado de subtrair da residência da mesma família várias peças semelhantes. Na ocasião, ele relatou aos policiais militares que havia furtado os pertences porque achava a mulher “muito gostosa”.


Ele foi indiciado por furto qualificado, e o Inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário. As vítimas (duas jovens e sua mãe) relataram ao Delegado responsável que ele nunca chegou a fazer algum mal a elas. Apesar disso, foi representado ao Poder Judiciário por medidas cautelares que mantenham o autor afastado das vítimas.


“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie! Disque 181.”

Publicidade
Publicidade