Publicidade

Previsões da Epagri/Ciram indicam chuvas abaixo da média para os próximos meses

A média mensal de chuvas para dezembro e janeiro varia de 140 a 200 mm no Estado.

24 de Novembro
Publicidade

A previsão para o trimestre é de chuva abaixo da média climatológica em SC, com irregularidade no espaço e no tempo, com dias consecutivos sem chuva, devido à atuação do fenômeno La Niña. Em novembro, conforme indica a previsão, a chuva é ainda mais escassa.

Climatologia (o que se espera para época do ano):

Em novembro a Epagri/Ciram indicava pouca chuva em relação a outubro, e a média mensal variou de 130 a 180 mm no Estado. Em dezembro, a segunda quinzena é mais chuvosa em relação à primeira, e a chuva se concentra especialmente no período da tarde e noite, em forma de pancadas passageiras, típicas de verão. A média mensal em dezembro e janeiro varia de 140 a 200 mm no Estado.

Durante o trimestre, os episódios de precipitação normalmente ocorrem associados à passagem de frentes frias pelo litoral e influência dos Sistemas Convectivos de Mesoescala (SCM) que provocam chuvas mais intensas em SC, sobretudo no Oeste e Meio Oeste.

Em novembro, dezembro e janeiro diminui a condição favorável aos ciclones extratropicais no litoral Sul do Brasil.

Temperatura:

A previsão é de temperatura acima da média climatológica em SC, no trimestre. Em novembro e dezembro, as massas de ar quente atuarão com mais frequência e serão cada vez mais duradouras. Mas, ainda pode ocorrer episódios isolados com temperatura mais baixa na madrugada e amanhecer, com geada fraca nas áreas altas do Planalto Sul.  

São caraterísticas dos meses de primavera: nevoeiros associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade.

Epagri/Ciram

 

Publicidade
Publicidade